“Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta”, Filipe implorou. No entanto, quando Jesus respondeu apontando para si mesmo, sem dúvida não foi o suficiente. Mais tarde, nessa mesma noite, Filipe e os outros o abandonaram. Talvez haja um pouco de Filipe em cada um de nós, o anseio de ver a Deus apenas uma vez, uma versão indubitável de fumaça e fogo para acabar com as nossas dúvidas. O que Deus oferece em resposta não satisfaz.
O mundo não consegue superar o enorme abismo entre o que se espera de Deus e o que Deus ofereceu em Jesus. Outras religiões respeitam Jesus como mestre sábio e líder admirável, mas não como Deus. Os adeptos da Nova Era. procuram algo mais místico, mais satisfatório pessoalmente. A melhor Expressão da Essência de Deus desperta tanta rejeição em nosso tempo quanto despertou no dele.

Philip Yancey – in, O Deus (in)visível

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments