“Só se deve deixar de calar quando se tem algo a dizer que valha mais do que o silêncio.”

“A característica própria de um homem corajoso é falar pouco e executar grandes ações. A característica de um homem de bom senso é falar pouco e dizer sempre coisas razoáveis.”

“O silêncio prudente convém às pessoas dotadas de um bom espírito; de um juízo correto e de uma aplicação exata em observar as conjunturas que levam a calar ou a falar.”

“Eis o mundo”, dizia um amável homem, mostrando em seu gabinete prateleiras cheias de histórias curiosas e de outras obras desse tipo. “Eis o Paraíso”, acrescentava, indicando os livros piedosos organizados de um lado; “Eis o Inferno”: eram os livros ou heréticos, ou perigosos, ou do gosto da filosofia atual, que ele mantinha fechados a chave.”

Abade Dinouart, em A arte de calar (Martins Fontes)

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments