“O primeiro grau da sabedoria é saber calar; o segundo, saber falar pouco e moderar-se no discurso; o terceiro é saber falar muito sem falar mal e sem falar demais.”

” O silêncio do sábio às vezes vale mais do que o arrazoado do filósofo; o silêncio do primeiro é uma lição para os impertinentes e uma correção para os culpados.”

“A reputação de um homem de talentos medíocres é mais cômoda, nada se espera de sua inteligência; por pouco que ofereça, será reconhecido; se nada oferecer, não será reprovado; dela não se deve esperar coisa alguma.”

Abade Dinouart, em A arte de calar (Martins Fontes)

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments