“Diz-se que o tempo tudo cura. Não vivemos o bastante para lhe tirar a prova.”

“Os momentos não chegam nunca tarde nem cedo, chegam à hora deles, não à nossa, não temos de agradecer-lhes as coincidências, quando ocorram, entre o que tinham para propor e o que nós necessitávamos.”

“O que tínhamos andado a jogar fora em anos passou a jogar-se em semanas ou em dias, de repente o futuro tornou-se curto.”

“As pessoas de mau carácter são com muita frequência cobardes.”

“Assim é que a vida deve ser, quando um desanima o outro agarra-se às próprias tripas e faz delas coração.”

José Saramago, em A caverna (Companhia das Letras).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments