“Por muito talento dialéctico que se deite na panela, será difícil de sustentar que a recordação de um morto possa ser razão para que um vivo decida continuar vivo.”

“Algo estará para suceder a esta família, só falta que comecem a aparecer no céu cometas, auroras boreais e bruxas a galope nas vassouras.”

“É uma estupidez deixar perder o presente só pelo medo de não vir a ganhar o futuro.”

“…ainda consigamos arranjar forças para responder a alguém que se tivesse saído com a imbecil ideia de nos perguntar como nos sentimos, A morrer, mas bem, é o que dizemos.”

“Nisto, como em tantas outras coisas, são os seres humanos como os cães, põem todas as suas esperanças no que vem aí virar a esquina.”

José Saramago, em A caverna (Companhia das Letras).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments