Ensaio sobre a cegueira é um livro onde o inesperado te pega. Saramago vai do sublime ao escroto em duas linhas de maneira impressionante e sem se deixar levar pela vulgaridade e, em seguida, retorna à sublimidade do texto. Um livro que nos faz sentir na pele as emoções e angustias nele narrado.

Todos temos os nossos momentos de fraqueza ainda que nos vale é sermos capazes de chorar, o choro muitaz vezes é uma salvação, há ocasiões em que morreríamos se não chorássemos.

Há esperanças que é loucura ter, Pois eu digo-te que se não fossem essas já eu teria desistido da vida.

O amor, que dizem ser cego, também tem a sua palavra a dizer.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments