Sete anos depois de ser transformado no Parque da Juventude, o terreno onde funcionou a Casa de Detenção do Carandiru deve surpreender seus usuários, com a inauguração da Biblioteca de São Paulo.

Em uma área de 4.257 metros quadrados na Avenida Cruzeiro do Sul, a biblioteca tem uma fachada modernosa, que chama atenção pelo toldo em forma de velas de barco e o interior faz lembrar uma megastore.

O local conta com equipamentos de última geração, como um terminal de auto-atendimento e impressora em braile, seu acervo reúne 30 mil livros novinhos em folha, além do catálogo completo das editoras Companhia das Letras, Cosac Naify, José Olympio e Record. O centro cultural ainda disponibiliza mais de mil livros em braile e audiolivros. O espaço conta com 80 computadores conectados à internet e 4 mil CDs e DVDs para empréstimo, revistas e jornais; e divisão por faixas etárias, com espaços destinados a crianças, jovens e adultos.

Na próxima segunda-feira (8), a secretaria do estado promove, a partir das 11h, uma visita monitorada. O local contará, entre outras coisas, com um terminal de autoatendimento, impressora em braile, acervo de 30 mil livros, além de CDs, DVDs, revistas e jornais.

Serviço

Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 2.630.
Data: 8 de fevereiro.
Horário: 11h.

Fonte: GuiaSP / Guia da Semana

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments