– Papai, o termo herege não me cabe. Eu sou fã de Jesus Cristo, mas nunca fiz parte, por opção minha, de nenhuma igreja. E hoje, mais do que nunca, veja que elas têm muito pouco de cristãs. Seu eu quiser continuar cristão, vou ter de virar as costas para todas elas e procurar meu caminho no Evangelho.

– Não digas asneiras meu filho. Você está sob influência de grupos pagãos. Acredito, até, que eles são guiados mais por Satanás do que por Deus.

– Papai, agora quem deve abandonar o discurso é o senhor. O senhor está falando comigo e não para sua platéia de alienados, fanáticos, que não pensam, nem estudam. Simplesmente aceitam tudo que o pastor diz, porque se não o fizerem estão seguindo a Satanás. Pai, pelo amor de Deus, essa fase eu já superei e, confesso, me sinto muito mal ouvindo o senhor falar coisas tão sem fundamento.

– Papai, hoje se fala tanto em Satanás que já podemos afirmar, sem medo, de que há dois deuses: o Deus do Bem e o Deus do Mal, que é o mesmo Satanás. Esse dualismo não existe…

Luiz Lauschner, em Aleluia Irmão: Satanás é fiel (Limiar).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments