De olho no mercado leitor juvenil, os selos de algumas editoras têm apostado em iniciativas para fazer os clássicos da literatura chegarem até os adolescentes de forma menos chata.
A Rocco, por exemplo, lançou, este mês, a coleção Novelas Imortais, que reúne narrativas breves de autores de romances de peso, como Miguel de Cervantes, Herman Melville, R. L. Stevenson, Flaubert, Henry James, entre outros. “A espanhola inglesa”, de Cervantes, chega às livrarias nesta semana, e “Bartleby, o escriturário”, de Melville, ainda este mês. Até o fim do ano, dez novos títulos devem ser publicados, cada um por R$ 19,50, todos com apresentação assinada pelo tão recomendado Fernando Sabino, que contextualiza a obra com o autor.
Sucesso em Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Índia, Malásia e Irlanda, a coleção Mangá Shakespeare será lançada aqui pela Galera Record, no ano que vem, com clássicos como “Romeu e Julieta”, “Sonhos de uma noite de verão”, “Ricardo III” e “Hamlet” traduzidos por Alexei Bueno. Veja mais aqui
Enquanto a novidade não chega, dá para experimentar os clássicos da literatura brasileira em formato pocket, do selo BestBolso. Tem de “O cortiço”, de Aluísio Azevedo, a “Dom Casmurro”, de Machado de Assis, passando por “Caetés”, de Graciliano Ramos, e “Riacho doce”, de José Lins do Rego. Os textos são integrais, dentro da nova ortografia e com capas exclusivas. Os preços variam entre R$ 12,90 e R$ 19,90.
Já a editora Agir, que lançou anteriormente uma premiada versão em quadrinhos de “O alienista”, de Machado de Assis, por Fábio Moon e Gabriel Bá, acaba de mandar para as livrarias, via selo Desiderata, a HQ “Triste fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto. A adaptação, desta vez, ficou por conta de Flávio Braga e Edgar Vasques.
Fonte: O Globo

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments