Título: Honoráveis Bandidos
Editora: Geração Editorial
Lançamento: 2009
Autor: Palmério Dória

Todos aqueles que se interessam por uma quantidade mínima de notícias sobre política devem ler este livro.
O sub título desta obra “Um retrato do Brasil na era Sarney” leva estanpada na capa a cara dele, a velha raposa da política brasileira ou podemos chamá-lo de um dos últimos coronéis “old school” feudais em atividade no Brasil, no Maranhão mais especificamente.
Este autor fez uma biografia, obviamente não autorizada, do atual presidente do senado, o cidadão que fez pupílos e história utilizando táticas das melhores escolas da máfia mundial e viu seus feitos ameaçados por denúncias baseadas em escuta telefonica, falhas de conduta dentro do clã cometidas por seus rebentos, Fernando e Rosena ameaçando a hegemonia do clã Sarney.
O bombástico 2 de fevereiro de 2009 fez José Sarney, Sir Ney em algumas versões, colocar todas as cartas em jogo, aliás, cartas é o que não falta no capítulo da Rainha de verde – menção ao gosto da filha pela jogatina, Sarney coçou a cabeça, mais uma vez provocando alvoroço no cenário político brasileiro, dancinhas comemorativas em salas secretas, abuso de cotas aéreas dos parlamentares e imposição de censura a um dos maiores jornais do país, o Estadão.
É um desafio e tanto escrever um livro sobre escândalos políticos diante de tantos que surgem diariamente, possivelmente Paulmério Dória sabia disso e mesmo assim seguiu em frente com uma narrativa despojada de palavras rebuscadas e enfadonhos discursos políticos mas usando o bom humor e seriedade.
Após a leitura deste livro garanto que boa parte das notícias políticas serão velhas conhecidas dos leitores. Todos os nomes dos envolvidos nos 50 anos de vida pública “imaculada” do presidente da câmara estão no índice remissivo, logo após um retrato cronológico do Brasil durante os 50 anos de vida de nosso personagem.
Aspirantes a malandragem política, aprendam com este homem!

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments