A cidade de Alexandria erguia-se do arco da baía azul, um extenso e moderno aglomerado urbano de edifícios de apartamentos, hotéis e imóveis de uso compartilhado. Palmeiras espalhavam-se pela mediana ajardinada que separava a cidade da água.Hávia poucos indícios do passado antigo da cidade. Até mesmo a famosa Biblioteca de Alexandria, perdida séculos atrás, havia sido reconstruída como um imponente complexo de vidro, aço e concreto, decorado com espelhos d’água e servido por uma estação de bondes.

James Rollins, em O mapa dos ossos (Ediouro)

Imagens da nova Biblioteca de Alexandria

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments