“O corpo é o grande recalcado da história. Nietzsche escancarou essa verdade aos quatro ventos, criticando todos os seus ancestrais conceituais e foi ele que permitiu que Foucault e tantos outros pudessem realizar suas pesquisas a partir de uma famosa inversão: a alma como cárcere do corpo atenta contra a prístina e órfica ideia do corpo como prisão da alma, suporte ancestral da metafísica clássica.” 

Márcia Tiburi, em Diálogo sobre o Corpo. Escritos Editora. 2004

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments