O que atrai uma criança a ler um livro? Essa pode ser a dúvida de alguns pais, mas na verdade especialistas advertem que os contos narrados por eles podem despertar o interesse pela leitura entre os filhos. Isso porque eles gostam de ver as imagens e descobrir a riqueza de detalhes que o livro tem.
Maria José Nóbrega, autora de livros infantis e especialista em literatura, diz que sempre preferiu contar à filha histórias de versões de clássicos. Segundo ela, as adaptações são ruins e costumam ter reduções. Em alguns casos, passam por um filtro do “politicamente correto” que as empobrece.
Hoje as livrarias estão estampadas de novidades para as crianças, mas os clássicos continuam sendo recomendados pelos estudiosos de literatura infantil. Para a professora catedrática de psicologia evolutiva e de educação da Universidade de Barcelona, Ana Teberosky, os clássicos ajudam no sentido de explicar situações típicas da infância.
Outro ponto importante do livro é que ele serve de referência para as crianças, além de criar um elo de afetividade entre os pais. “Para formar um adulto leitor, é interessante que o momento da leitura em família tenha um vínculo afetivo”, diz Beatriz Cardoso, presidente do Centro de Educação e Documentação para a Ação Comunitária (CEDAC).
A imagem também é um fator de atração para a criança e facilita o entendimento da história, principalmente na fase de alfabetização. Ângela Lago, uma das mais respeitadas ilustradoras de livros infantis, conta que tem essa preocupação. “Se você desenha bem, a imagem se torna um mapa da leitura”.
Segundo a tutora do Portal Educação, educadora Emileide L. da Costa, a dica é que os pais introduzam a leitura no cotidiano da criança lentamente, com os livros recomendados a cada idade. “A leitura estimula o aprimoramento da linguagem, desenvolvendo sua capacidade de comunicação com o mundo e facilita o processo de alfabetização. Para as crianças, por exemplo, o ideal seriam livros coloridos com texturas, pois ajudam no despertar da leitura”.

Fonte: Pantanal News

OBS: Devo dizer que é bem capaz de meu gosto pela leitura ter sido despertado a partir da contação de estórias pela minha minha mãe, e quando ela me ensinou a decifrar aqueles pequenos enigmas que tanto me fascinavam e que costumamos chamar de letras.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments