O escritor português José Saramago morreu nesta sexta-feira (18) em sua residência em Lanzarote, nas Ilhas Canárias, onde morava. A Fundação José Saramago publicou uma nota confirmando a morte do escritor:
“Hoje, sexta-feira, 18 de Junho, José Saramago faleceu às 12:30 horas na sua residência de Lanzarote, aos 87 anos de idade, em consequência de uma múltipla falha orgânica, após uma prolongada doença. O escritor morreu estando acompanhado pela sua família, despedindo-se de uma forma serena e tranquila.”

O primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, convocou para o final da tarde desta sexta-feira uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros para decretar luto nacional pela morte do escritor.

Segundo agências internacionais, o corpo de Saramago é velado na biblioteca da cidade espanhola de Tías, em Lanzarote. O site do jornal português “Diário de Notícias” afirma que o governo vai deslocar um avião da Força Aérea para levar o corpo do escritor de Lanzarote para Lisboa, onde ocorrerá outro velório. A família ainda não informou quando ocorrerá o enterro.

Saramago nasceu em Azinhaga, uma pequena vila no interior de Portugal, no dia 16 de novembro de 1922. Em 1924, sua família, muito pobre, se mudou para Lisboa. Apesar de ter sido um aluno genial, não pôde cursar uma faculdade por problemas financeiros. Publicou o seu primeiro livro, Terra do Pecado, um romance, em 1947. Escreveu três livros de poesia antes de voltar à prosa, que o consagrou. Trabalhou como serralheiro, mecânico, editor e jornalista e, desde 1976, vivia exclusivamente da literatura.

Em 1998, Saramago se tornou o primeiro escritor de língua portuguesa a receber um Nobel de Literatura, e ainda continua sendo o único. Recebeu também, em 1995, o Prêmio Camões. A obra de Saramago inclui clássicos da prosa contemporânea, como A Jangada de Pedra (1986), O Evangelho Segundo Jesus Cristo (1991), Ensaio Sobre a Cegueira (1995) [levado ao cinema pelo brasileiro Fernando Meirelles em 2008] e Intermitências da Morte (2005). Escreveu também peças de teatro, crônicas, memórias, um livro infantil e um blog. O último livro de Saramago, Caim, foi publicado em 2009.

Fonte: Época

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments