Motivo é o crescimento das vendas dos leitores digitais Kindle, Nook e iPad. Amazon disse que vende mais livros digitais do que em papel.

Do G1, em São Paulo

Kindle ajudou a impulsionar as vendas de livros digitais. (Foto: Divulgação)

As vendas de livros digitais (e-books) nos Estados Unidos cresceram 193% de acordo com pesquisa divulgada pela Association of American Publishers (Associação Americana de Editores, em português). O motivo do crescimento, de acordo com a associação, é o bom resultado nas vendas dos tablets e leitores digitais Kindle, iPad e Nook nos últimos meses.
A pesquisa afirma que, entre os meses de janeiro e agosto de 2010, as vendas de e-books chegaram a US$ 263 milhões. No mesmo período em 2009, este número foi de quase US$ 89 milhões. Com isso, os livros digitais representam 10% de toda a venda de livros nos Estados Unidos, número que era de 3,31% no ano passado.
Quanto mais populares os livros digitais se tornam, as vendas dos livros tradicionais caem. A Amazon afirmou que vende mais publicações para o Kindle do que no formato tradicional e, de acordo com a Association of American Publishers, a venda de livros de capa dura caiu 24% em 2010 em relação ao ano passado.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments