A terceira geração do Kindle, o leitor de livros eletrônicos da Amazon, é o produto mais vendido na história da empresa. A Amazon é o maior portal de vendas do mundo e esse fato consolida a tendência de adoção em larga escala dos chamados e-readers, mas o site continua sem revelar quantos aparelhos vendeu.

“Estamos muito agradecidos pelos milhões de clientes que fizeram do novo Kindle o produto mais vendido da história da Amazon, superando Harry Potter 7”, disse em um comunicado o fundador e diretor-executivo da companhia, Jeff Bezos.

Segundo Bezos, o baixo preço do Kindle (a partir de 139 dólares contra os 499 dólares do iPad da Apple) é um “fator chave” para sua popularidade.

A empresa adiantou ainda que o livro digital mais vendido através da sua rede no dia de Natal foi o primeiro livro da saga de mistério do sueco Stieg Larsson, “Os homens que não amavam as mulheres”. O dia mais atarefado para a Amazon durante a época de Natal foi 29 de Novembro, a segunda-feira seguinte ao dia de Ação de Graças, em 25 de Novembro.

Nesse dia, os comerciantes podem apresentar ofertas especiais para potenciar as suas vendas online e a Amazon vendeu mais de 13,7 milhões de produtos, ou seja, 158 vendas por segundo.

Fonte: Destakes

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments