Divulgação

A empresa chinesa China Friendship Publishing Company and China Media Time teve que fazer um recall de 150 cópias da sua versão dos contos de fadas dos Irmãos Grimm, e não por um erro qualquer de edição. O texto presente no livro fora traduzido não do original em alemão, que não foi encontrado na época, mas de uma versão erótica em japonês.

Como resultado, as crianças que compraram a edição encontraram a querida Branca de Neve envolvida em um caso incestuoso com o pai, além de ter relações sexuais com todos os sete anões. Para terminar, o príncipe encantado sofre de necrofilia e também mantém relações íntimas com a dama já adormecida pelo efeito da maçã envenenada.

A empresa culpou a troca dos textos a um colaborador desatento, o que não a livrou de ter que se justificar aos seus consumidores horrorizados.

Fonte: Revista PEGN

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments