A editora Leya Brasil lança em janeiro o box “Brasil: é muita história”, que contém o livro de Eduardo Bueno, “Brasil: uma história” – também publicado pela editora – e um DVD com todos os episódios da série “É muita história”, exibida no programa “Fantástico”, da TV Globo, entre setembro e novembro de 2008; quando Eduardo Bueno, o apresentador Pedro Bial e o roteirista João Carracosa – três profissionais ligados à TV e às letras – idealizaram o programa, num total de nove episódios (todos no DVD da caixa) e que foi ao ar durante dois meses.

Lançado em agosto de 2010, “Brasil: uma história – cinco séculos de um país em construção”, rapidamente chegou às listas de livros mais vendidos. Em quase 500 páginas ricamente ilustradas, Eduardo Bueno reconta a história brasileira desde o período pré-descobrimento até o governo do presidente Lula. Narra fatos conhecidos da história brasileira e também lança novas luzes sobre episódios antes obscuros, incluindo ainda acontecimentos recentes como a redemocratização e o primeiro impeachment presidencial. Em “Brasil: uma história”, Bueno aprimora o estilo ágil e coloquial que cativou milhares de leitores e que o levou à televisão.

Aconteceu em 2008, quando Eduardo Bueno já era conhecido pela façanha de produzir best sellers no antes árido terreno da história do Brasil. Vendeu mais de 500 mil exemplares da coleção Terra Brasilis graças a seu texto, acessível e atraente, e à percepção da História como algo dinâmico, multifacetado, instigante. Esse enfoque atraiu o interesse televiso, que para Bueno era óbvio: “Contar a História do Brasil na televisão ajudaria a arrancar de vez o mofo, o tédio e a mesmice que há tanto tempo revestem a matéria e a circunscrevem aos bancos escolares”. Assim, foi criado o quadro “É muita história”, com textos de Eduardo Bueno, João Carrascosa e Pedro Bial, num total de nove episódios – vários deles alcançaram pico de audiência dentro do “Fantástico”.

Agora, a editora LeYa Brasil apresenta esta edição especial “Brasil: é muita história”, com o livro e o DVD, para que o leitor possa ter essa obra de referência e também a série televisiva – nas palavras do próprio Bueno, uma versão mais pop, inovadora e até debochada, pronta para ser revista e reinterpretada – como afinal, deve ser feito com a própria História.

Ficha Técnica
Título: Brasil: é muita história
Autor: Eduardo Bueno
Formato: livro + DVD
Uma parceria entre a Globo Marcas e a LeYa Brasil
Preço: R$ 89,90

Livro
Título: Brasil: uma história
Brochura
Nº de páginas: 480

Sobre o autor
Eduardo Bueno é escritor, tradutor, jornalista e editor. Escreveu mais de 20 livros, a maioria deles sobre História do Brasil. Autor da coleção Terra Brasilis, cujos quatro primeiros volumes (A viagem do descobrimento, Náufragos, traficantes e degredados, Capitães do Brasil e A Coroa, a cruz e a espada) venderam mais de meio milhão de exemplares, Bueno se tornou o primeiro autor brasileiro a possuir simultaneamente quatro livros no topo das listas de mais vendidos dos principais jornais e revistas do país. Sua obra despertou um interesse sem precedentes pela História do Brasil, gerando o surgimento de revistas especializadas, debates públicos, dissertações de mestrado e programas de televisão, além de levar os livros sobre o tema a ocupar lugar de destaque nas livrarias. Eduardo Bueno também traduziu mais de 20 livros, entre eles o clássico “On the road” (“Pé na estrada”), obra que resultou no desembarque da literatura beat no Brasil. Foi colaborador de algumas das principais editoras brasileiras, responsável pela publicação de mais de 200 títulos, muitos deles inéditos em português. Como jornalista, trabalhou nos mais importantes órgãos de imprensa do país, dentre eles os jornais Zero Hora, de Porto Alegre, e O Estado de S. Paulo. Apresentou, com Pedro Bial, o quadro “É muita história”, levado ao ar pelo programa Fantástico, da TV Globo. Atualmente, é o apresentador do canal The History Channel.

Sobre a editora
A LeYa nasceu em Portugal, em janeiro de 2008, como empresa holding na qual se integram algumas das mais prestigiadas editoras nacionais e duas das mais bem-sucedidas editoras africanas. Compõem a LeYa as seguintes editoras: ASA, Caderno, Caminho, Casa das Letras, Dom Quixote, Estrela Polar, Gailivro, Livros d’Hoje, Lua de Papel, Ndjira (Moçambique), Nova Gaia, Nzila (Angola), Oceanos, Oficina do Livro, Quinta Essência, Sebenta, Teorema e Texto. A força destas marcas e a qualidade do que produzem, aliada aos objetivos ambiciosos e à dinâmica de grupo, fazem da LeYa uma empresa forte e coesa nos seus objetivos gerais e diversa nos seus programas editoriais.

fonte: Jornal do Brasil

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments