Dobrando as páginas de uma obra literária o norte-americano Isaac Salazar cria letras, símbolos e palavras que surpreendem pela riqueza de detalhes

Juliana Costa

Foto: Reprodução

O artista aprendeu a fazer as obras sozinho (Foto: Reprodução)

O norte-americano Isaac Salazar arranjou um jeito inusitado de criar obras de arte. Ele escolhe um livro e começa a dobrar suas páginas até formar letras, símbolos e palavras.

O trabalho de Salazar chama a atenção pela riqueza de detalhes. Ele conta que certas obras ficam prontas em algumas horas. Outras, porém, levam semanas para a finalização. O artista, que é autodidata, começou esculpindo letras simples. Hoje ele já se arrisca em palavras grandes e em fontes mais complexas.

Foto:    Reprodução

Na maioria das vezes Salazar trabalha com livros usados (Foto: Reprodução)

Em alguns casos, o próprio livro serve de inspiração para o trabalho. O símbolo da reciclagem, por exemplo, foi criado em uma obra chamada Um mundo sem árvores. Por falar nisso, Salazar prefere usar livros mais antigos para fazer suas esculturas. Ele acredita que esta é uma forma de reutilizar papel e de contribuir com o meio ambiente.

Fonte: Criativa

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments