A banda pop Restart também vai virar filme, com lançamento previsto para dezembro (Divulgação)

Maria Carolina Maia

Corações em forma de caracteres – os já famosos S2 e <3 – e juras de filiação eterna à “família Restart” chovem a partir desta quinta-feira sobre o Twitter da Creative Books, editora que nasceu no final de 2010 com a missão de ser a casa dos fenômenos teens nacionais e recolhe agora mensagens de fãs para um desses fenômenos, a banda pop Restart, destaque do último Video Music Brasil, da MTV. O #almanaquerestart, nome do livro-revista do grupo, será lançado em março com tiragem de até 50.000 exemplares, assim como a biografia de Luan Santana prevista para maio.

O número indica um aumento da aposta feita pela editora nesse filão, por onde primeiro pôs os pés no mercado editorial, em dezembro, com Diário do Fiuk. Lançada com 30.000 exemplares, a biografia do filho de Fábio Jr. já teve um terço dos exemplares vendido e pode ganhar reimpressão. Para a editora, as vendas representam um faturamento de cerca de 175.000 reais, já que metade do valor do produto (34,90 reais) fica com a loja.

“A nossa ideia é investir nesse segmento, que tem bastante demanda, e também criar um selo de livros para executivos a partir de março”, conta André Castro, fundador e diretor da Creative Books. A empresa aposta ainda em outros potenciais best-sellers, como um livrinho no estilo Minutos de Sabedoria de frases de livros do médium Chico Xavier. O faro para negócios de Castro foi desenvolvido diretamente no mercado: ele foi executivo da Ediouro por catorze anos. Deixou a editora no ano passado, pouco antes de criar a própria.

Castro logo percebeu que investir nos fenômenos adolescentes era um caminho promissor. Enquanto ele se preparava para colocar de pé a Creative Books, pipocavam notícias de livros sobre Justin Bieber. Por que não publicar os ídolos nacionais? A boa recepção ao título de Fiuk provou que ele estava certo.

Um contato com os livreiros vai agora definir o número exato da tiragem dos livros de Luan Santana e Restart, mas Castro acredita que a demanda será superior às 30.000 cópias do diário do júnior de Fábio Jr. Até porque os novos títulos terão diferenciais. Com participação dos fãs – que além de mensagens já enviaram perguntas para a banda – e em formato de livro-revista, o #almanaquerestart deve ser distribuído também para bancas de jornais. E o livro de Luan Santana, embora fique restrito às livrarias, terá um atrativo e tanto para as fãs: cerca de 250 fotos do cantor de Meteoro. Vêm aí novas promessas de hit.

Fonte: Veja

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments