Texto de Thiago Zati publicado originalmente no Lazertecnologia

Este ano o Twitter e o Facebook conseguiram provar o quão grande é a força das redes sociais como difusora e promotora de grandes discussões mundiais.

Atentos a isso, os ativistas Alex Nunns e Nadia Idle editaram um livro que reúne posts feitos no Twitter entre janeiro e fevereiro de 2011 objetivando contar a história da revolução no Egito que levou à queda do ditador Mubarak.


Lançado pela editora OR Books. O livro deve começar a ser vendido nos Estados Unidos em 21 de abril, mas já pode ser pré-encomendado no site.

Recheado com fotos em preto e branco, o livro possui 160 páginas e será vendido sob o título de “Tweets from Tahrir”, ou “Tuítes de Tahrir”.

Reunindo comentários-chave feitos no microblog que mostram a revolução em tempo real, a jogada esperta dos editores aproveitou o fato de milhares de jovens terem documentado cada etapa dos acontecimentos, tirando fotos, escrevendo e postando em até 140 caracteres.

Assim, o produto abriga além de uma boa pesquisa, uma narrativa toda comentada pelas pessoas que realmente estavam no centro da revolução, os próprios ativistas da praça Tahrir.

Na versão impressa ele sai por US$12; US$10 o e-book e US$16 as duas versões.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments