Publicado originalmente na Veja.

Distribuidora de obras digitais prevê participação de 25% em quatro anos

A venda de livros didáticos no formato eletrônico (e-book) ainda é considerada pequena, mas a expectativa é que esse segmento editorial também sofra uma grande transformação nos próximos quatro anos. Segundo relatório divulgado pela distribuidora de e-books Xplana, a participação de e-books nesse mercado deve chegar a 25% em 2015, nos Estados Unidos.

As grandes responsáveis pela aceleração devem ser as universidades. A velocidade com que essas instituições vêm adotando os e-books pode dobrar a venda de livros didáticos digitais nos próximos quatro anos. O tablet iPad também teria sua parcela de responsabilidade, incentivando o surgimento de editoras especializadas em educação via meios digitais, como a Inkling.

A pesquisa mostra ainda que 25% dos estudantes americanos afirmam preferir e-books a livros tradicionais. Atualmente, apenas 1,5% dos títulos universitários possuem versão eletrônica nos Estados Unidos.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments