Nas páginas do livro, Márcio conta histórias curiosas sobre como conheceu o grande amigo Bituca – apelido de Milton Nascimento – e os outros integrantes do clube, como Beto Guedes e Wagner Tiso.

Publicado originalmente no site D24am

O livro “Os Sonhos Não Envelhecem – Histórias do Clube da Esquina”, de autoria de Márcio Borges, irmão de Lô Borges, foi relançado em uma edição de luxo. Lançado há 15 anos, o livro vendeu mais de 30 mil exemplares. Agora, com preço promocional de R$ 29,90, até que se esgote a tiragem de 5 mil cópias da sua 6ª edição, impressa com recursos de leis de incentivo do Ministério da Cultura – o preço normal é de R$ 49,90. A edição é acompanhada de um CD com 10 canções do Clube da Esquina, entre elas “Canto Latino”, “Gira Girou” e “Tudo que Você Podia Ser”.

O livro foi o primeiro a contar a história do Clube da Esquina. Segundo o autor, até então, não existia nenhuma referência literária a esse movimento musical. “Meu livro foi o primeiro que narrou aquela época e a história de nossos encontros e desencontros.”

Nas páginas do livro, Márcio conta histórias curiosas sobre como conheceu o grande amigo Bituca – apelido de Milton Nascimento – e os outros integrantes do clube, como Beto Guedes e Wagner Tiso. Uma personagem dessa história, no entanto, não chamou muita atenção quando a obra foi lançada, em 1996. Era Dilma Rousseff.

Até hoje, a presidente do País é amiga dos músicos do clube. “Nós éramos jovens. Eu com 19 e ela com 17 anos. Estudávamos no Colégio Estadual Central. Amávamos a revolução e as festas”, recorda Márcio. “A gente se encontrava todo santo dia para conversar sobre política e filosofia.”

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments