Publicado originalmente por Juliana Menz na Revista TPM

Com textos leves e debochados, que falam de relacionamentos e neuroses, Tati Bernardi, 31 anos, tem quatro livros publicados que vendem muito bem, obrigada. Ainda assim, a próxima obra dessa paulistana é independente. A Vaca está sendo feita em tempo real na internet, disponível para quem quiser contribuir. “Fala de uma mulher de 35 anos que foi sempre boa esposa. Trocada por outra, surtou, resolveu virar uma vaca e dar pra todo mundo”, adianta Tati. Desgostosa com editoras e livrarias levando mais de 90% do lucro com a venda de seus livros, a escritora optou por esse caminho, embora reconheça que o sucesso das publicações abriu muitas portas. É roteirista da série Aline e do programa Amor & Sexo, ambos em segunda temporada na Globo; ganha em torno de 2 mil seguidores por semana no Twitter e acredita que a internet está mudando o jeito de fazer as coisas.

Por que produzir um livro independente?
Quando cheguei a 60 mil seguidores no Twitter, dividi com eles que, apesar de ter uma média boa de venda de livros [mais de 2 mil ao ano], nunca ganhei dinheiro com eles. Ao ver esse comentário, um leitor fez uma página para mim no site Vakinha, pedindo ajuda aos outros leitores para eu fazer o próximo livro independente de editoras ou livrarias. Não levei a sério. Mas, quando percebi, em duas horas já tinha mais de R$ 1 mil em doação.

Contribuindo os leitores também podem participar da criação?
Há muito que eu pensava em fazer algo parecido com o que o Radiohead fez [em 2007 a banda lançou o CD In Rainbows na internet, disponibilizando o álbum na íntegra ao preço que o fã considerasse justo]. Achei que apenas disponibilizar o download seria pouco, o ideal seria permitir que quem contribuísse, com o valor que fosse (o mínimo é R$ 5), pudesse opinar na história. Mas essa participação não é obrigatória.

Com tanta gente metendo o bedelho, não há risco de a história ficar meio esquizofrênica?
Não uso todas as ideias, embora leia todas. A autoria do livro é minha.

O livro terá uma versão impressa?

Ainda não decidi. Mas, no fim, com certeza será disponibilizado um PDF bonitinho para todos os participantes, com capa e tudo mais para quem quiser imprimir.

Nesse caso o dinheiro arrecadado é todo seu?

A ideia é essa. Ganhar mais para escrever. Não sou uma artista pedindo ajuda. Além de escritora, sou roteirista, publicitária, escrevo para revistas diversas e vivo muito bem com o que ganho. Se acharem que eu estou dando de espertinha, é isso aí. Se eu fosse burra o site de colaboração para A Vaca não teria 50 mil acessos e mais de 2 mil contribuições.

Vai lá: www.tatibernardi.com.brwww.avacaolivro.com.br

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments