Um dos perigos apontados na transição definitiva de livros impressos para os digitais é o aumento da diferença de acesso à cultura entre os países ricos e os países pobres. A ONG Worldreader tem como objetivo oferecer ebooks e e-readers a crianças e jovens dos países em desenvolvimento.

Cada leitor digital Kindle vem carregado com livros cujos autores doaram os direitos para a organização. Ou seja, não há violação de direitos autorais nem a necessidade de o aluno gastar nada. Também traz assinaturas de jornais e revistas gratuitos que podem ser atualizados pela internet. Trata-se de uma verdadeira biblioteca digital.
O vídeo acima mostra a diferença que isso está fazendo na vida de muitos dessas crianças.

O projeto-piloto foi iniciado em novembro de 2010, em seis escolas de Gana e facilitou a vida de 500 alunos. O lema que aprece no topo de seu site resume bem a disposição da organização: “Books for all” ou seja, livros para todas as pessoas. Com certeza uma iniciativa que trará bons frutos dentro de pouco tempo. Eles procuram agora parceiros para subsidiar os e-readers, bem como autores que desejem abrir mão dos direitos de seus livros.
Saiba mais sobre a iniciativa AQUI

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments