Publicado originalmente no Jornal Floripa

Paulo Coelho postou na tarde desta terça-feira (12) no Twitter uma reclamação contra o poeta Carlos Nejar, seu colega na ABL (Academia Brasileira de Letras).

O escritor brasileiro Paulo Coelho ficou de fora de compilação de 1.000 páginas

“Sumi aqui (e olha que é meu colega na ABL…)”, comentou sobre o livro “A História da Literatura Brasileira: da Carta de Caminha aos Contemporâneos”.

Lançado por Nejar no início de março, o livro tem mais de 1.000 páginas e compila os principais escritores brasileiros, como Machado de Assis, Euclydes da Cunha e Guimarães Rosa.

Coelho, o brasileiro que mais vendeu livros no mundo, ficou de fora da seleção. Entre os autores contemporâneos citados estão Daniel Galera e João Paulo Cuenca.

Na obra outros são citados quatro escritores de sobrenome Coelho: Jorge Albuquerque Coelho, Lauro Machado Coelho, Nelly Novaes Coelho e Henrique Maximiano Coelho Neto.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments