Texto de João Brunelli Moreno publicado originalmente no site Tecnoblog

Não é só a vida e obra de Steve Jobs que se transformará em livro. A história e os bastidores do Google chegaram às livrarias dos EUA e Reino Unido nesta semana graças ao jornalista norte-americano especializado em tecnologia Stephen Levy, que está escrevendo um livro sobre o todo poderoso gigante da web.

Atendendo pelo título de “In The Plex: How Google thinks, works and shapes our lives” (No Plex: como o Google pensa, trabalha e molda nossas vidas, em português), o livro dá especial destaque ao relacionamento próximo da onipresente das buscas com a Apple, como a recusa de Steve Jobs em se tornar CEO da empresa (abrindo espaço para Eric Schmidt), e a maneira como o Android foi mal recebido pela empresa da maçã. Segundo o autor, o mote “dont be evil” do Google chegou a ser chamado de “bobagem” (numa tradução politicamente correta) por Jobs num momento de ânimos mais exaltados.

Os conturbados acontecimentos de janeiro de 2010, em que o Google acusou o governo chinês de violações de privacidade e aos direitos humanos, também têm direito a alguns capítulos. Entre os problemas revelados estão a demissão de um executivo de sua sede em Pequim, acusado de presentar algumas autoridades locais com iPods, prática considerada inapropriada pela matriz.

Aos interessados, o livro já está à venda lá fora. Na Amazon custa módicos US$ 13,98 (ou R$ 22).

Com informações: Daily Mail.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments