Árvores mortas viram ponto de troca de livro em Berlim

Texto de Maria Fernanda Rodrigues publicado originalmente no PublishNews

Em Belim, bem na esquina das ruas Kollwitzstraße and Sredzkistraße, no charmoso bairro de Prenzlauer Berg, fica uma nada tradicional biblioteca. Ela não tem nome, nem porta, nem parede, nem mesa e tampouco um bibliotecário pedindo silêncio. Pega livro quem quer, deixa livro quem quer. Construída com quatro troncos de árvores mortas, essa biblioteca natural é mais um dos pontos de troca de livros do BookCrossing. As obras da biblioteca-árvore, que estão ali só de passagem, ficam protegidas da chuva e do vento em prateleiras fechadas com portinhas de plástico, e estão ao alcance até das crianças.

Árvore é ponto de troca de livro do BookCrossing em Berlim

Pequenas prateleiras cobertas com portas de plástico protegem os livros que estão ali só de passagem

 

A biblioteca-árvore fica no bairro de Prenzlauer Berg, em Berlim

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments