Texto de Maurício Grego publicado originalmente no Info Online

Decidir que aplicativos são essenciais no iPad não é tarefa fácil. Afinal, são mais de 350 mil títulos disponíveis na App Store.

A escolha depende, é claro, da maneira como a pessoa usa o tablet e das suas preferências pessoais. Nesta lista, incluímos 15 ótimos aplicativos que são úteis para a maioria das pessoas. Eles cobrem acesso a redes sociais e notícias, edição de documentos, organização pessoal, livros e outras áreas de uso do iPad. Todos estão disponíveis na App Store e 11 deles são gratuitos.

Naturalmente, nenhuma lista desse tipo pode ser considerada completa. O objetivo é oferecer boas indicações para quem acaba de comprar um iPad ou quer completar o seu instalando aplicativos essenciais

1 – Kindle
O aplicativo gratuito da Amazon.com é a versão em software do seu bem sucedido e-reader Kindle. A loja de livros digitais da Amazon lista 810 mil títulos para ele. Desses, 625 mil são oferecidos aos brasileiros, já que as restrições de copyright impedem a venda de certas obras fora dos Estados Unidos. Dos títulos à venda, há cerca de 1.600 em português. Alguns exemplos são o best-seller 1822, de Laurentino Gomes, vendido por 11,99 dólares, e várias obras de Paulo Coelho, em geral com preço abaixo de 12 dólares. O aplicativo inclui um dicionário de inglês e permite pesquisar facilmente uma palavra encontrada no texto. O programa também está disponível para outras plataformas, como Windows, Mac, Android e Blackberry. É possível sincronizar o marcador de página, as anotações e os destaques entre vários dispositivos, incluindo os e-readers Kindle. Assim, fica fácil começar a ler um livro no iPad, por exemplo, e continuar no computador ou no iPhone.

2 – Free Books
Como no nome sugere, o Free Books é um aplicativo específico para acesso a livros gratuitos em inglês. São obras clássicas, escritas antes de 1930, cujos direitos autorais já perderam a validade. A lista inclui 23 mil livros de escritores como Shakespeare, Mark Twain, Edgar Allan Poe, Lewis Carroll e Oscar Wilde. Com uma interface muito bem organizada, o programa apresenta os livros divididos por autor, e exibe breves biografias dos escritores mais importantes. Os livros podem ser vistos nas estantes virtuais da biblioteca ou pesquisados por título ou gênero. É preciso que o iPad (ou iPhone) esteja conectado à internet para baixar o livro. Feito o download, a conexão não é mais necessária. Ao ler, o usuário pode ajustar o tamanho dos caracteres exibidos e o esquema de cores na tela.

3 – PDF Reader
O PDF Reader é uma ótima opção para quem quer apenas ler livros e outros documentos em formato PDF, como muitos disponíveis gratuitamente na web. Ele também permite visualizar documentos nos formatos doc, ppt e txt, além de imagens. O PDF Reader oferece várias maneiras de transferir os arquivos para o iPad: pela rede sem fio Wi-Fi, via cabo USB, como anexo num e-mail ou diretamente de algum serviço de armazenamento na web, como o Dropbox. Ele também é capaz de transformar uma foto de documento em arquivo PDF. São muitos recursos por 0,99 dólar.

4 – Saraiva Digital Reader
O aplicativo da livraria Saraiva merece ser considerado apenas pela perspectiva de que venha a oferecer um acervo maior de livros brasileiros. Por enquanto, ele oferece 205 mil títulos, mas apenas 2 mil são em português. Estão lá, por exemplo, a biografia do cantor Tim Maia escrita por Nelson Motta (39,90 reais) e livros de auto-ajuda de Roberto Shinyashiki (de 12,53 a 24,43 reais). A lista inclui, ainda, cerca de 200 obras gratuitas, além de algumas revistas. Infelizmente, o aplicativo não é dos mais práticos. A compra dos livros é feita por meio do browser. Depois de concluída, é preciso voltar ao programa para fazer o download. Mas o item comprado nem sempre aparece nele como deveria. E as páginas são sempre mostradas uma a uma, mesmo com o tablet na posição paisagem. O programa, que é gratuito, tem, também, uma versão para Windows.

5 – Apple iBooks
Opção mais óbvia para quem tem um iPad, o aplicativo iBooks, da Apple, que pode ser baixado gratuitamente, dá acesso à iBookstore, a loja online da empresa. Há cerca de 200 mil títulos nela, mas os brasileiros, por enquanto, só podem baixar os livros gratuitos, quase todos em inglês. Ou seja, nada de best-sellers e nem livros mais recentes. O programa tem recursos para fazer anotações e destacar trechos do texto. Também permite escolher entre várias fontes de caracteres e alterar o tamanho das letras. Além disso, tem um recurso de pesquisa de palavras na web, na Wikipedia e num dicionário de inglês incluído nele. O iBooks também permite ver e organizar documentos em formato PDF.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments