Norte-americano Nicholas Sparks é o autor preferido pelos casais para o dia 12 de junho deste ano.

Ler não costuma ser a prática mais comum entre namorados no dia 12 de junho. Mas livros são boa pedida para a data que ganha status de transformador de sentimentos em presentes.

“Adoro ganhar e receber livros, é um presente que podemos dividir depois”, acredita a estudante Larissa Almeida, que já tem casamento marcado para o próximo ano. “Já houve outras vezes em que comprei o presente na Feira do Livro, mas neste ano vou escolher com mais calma”, comenta.

Segundo livrarias ouvidas pela reportagem, as vendas de livros aumentam cerca de 30% nesta época do ano. O autor Nicholas Sparks é o grande nome deste Dia dos Namorados. Os livros “A Última Música”, “Querido John” e “Diário de Uma Paixão” são as obras mais procuradas para presentes, seguidos de “Comer, Rezar, Amar”, de Elizabeth Gilbert.

Os livros

Em “A Última Música”, Sparks conta a história de Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, que aos 17 anos vê sua vida virar de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciam e seu pai decide mudar de cidade.

Já em “Querido John”, o autor narra a história de um jovem soldado americano que se apaixona por Savannah, uma estudante conservadora. Ele, um jovem rebelde, se alista no exército logo após terminar a escola, sem saber o que faria de sua vida. A história viraria filme depois.

Outro livro que virou filme é “Comer, Rezar, Amar”. Baseado na vida da autora, o livro narra a história de uma mulher com quase 30 anos e que tem tudo o que qualquer mulher poderia querer: um marido apaixonado, uma casa espaçosa que acabara de comprar, o projeto de ter filhos e uma carreira de sucesso. Mas, em vez de sentir-se feliz e realizada, era confusa, triste e em situações de pânico.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments