Agência Pavanews, com informações de Bookpatrol

Ama proposta para incentivar a leitura no caótico trânsito do Cairo, capital do Egito, é “o táxi do conhecimento”. Trata-se de um verdadeiro oásis de incentivo a leitura em um país com 17 milhões de analfabetos.

“Abrir uma livraria ajuda a divulgar a importância da leitura. Sabemos que muitos egípcios não a visitarão porque para eles não é natural ler ou comprar livros”, revelou  Ismail Elnagar, um dos responsáveis pela livraria ALEF, que idealizou a iniciativa.

Segundo Elnagar, a principal razão que afasta os egípcios das páginas de um romance é a falta de tempo, “pois muitos perdem até duas horas por dia dentro de um táxi para chegar ao trabalho”.  Quando resolvem ler acabam optando pelo Alcorão, cuja leitura é bastante comum no metrô e até mesmo nos táxis.

No ano passado começaram a circular 50 táxis, carregando cada um 5 livros numa pequena biblioteca no banco de trás. Os responsáveis pelo projeto acreditam que os atuais 200 táxis podem chegar até o final de 2011 a ser 2 mil, inclusive de outras cidades do país.

Os livros são breves, para não intimidar os leitores, São coletâneas de contos, livros de filosofia, humor, saúde etc. São os próprios taxistas que escolhem os títulos, Todos os livros são doações, o que significa que o passageiro pode ficar com ele se quiser. Os passageiros também podem preencher uma ficha dando opinião sobre o livro, o táxi, etc

Mensalmente os motoristas dos táxis com as melhores avaliações são premiados,

Levando em conta o sucesso da iniciativa possivelmente em breve todos os 30 mil táxis do Cairo disporão de uma dessas bibliotecas móveis.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments