Crescimento do mercado digital facilita novas experiências de leitura em qualquer plataforma

Primeira livraria a vender ebooks e aplicativos – para plataformas Android e Apple – a Cultura passa a disponibilizar para compra na iTunes Store e Android Market, em parceria com a LeYa Brasil, o best-seller Guia politicamente incorreto da História do Brasil narrado pela voz consagrada de Luciano Pires. A praticidade e flexibilidade em usar o aplicativo – em suas variadas plataformas – refletem a importância e o fortalecimento que o mercado digital vem passando.

A partir de um toque, o usuário acessa as principais informações do aplicativo, além de várias outras funções como: marcador, que permite ao usuário salvar os trechos de que mais gostou, fazendo anotações ou compartilhando-os em redes sociais, isso sem a necessidade de converter o conteúdo baixado. A interação com o aplicativo ganha dinamismo através dos grandes botões que possibilitam avançar e recuar o conteúdo com seu navegador inteligente.

O aplicativo Guia politicamente incorreto da história do Brasil tem disponível a versão somente áudio para iTunes e a versão áudio com o conteúdo integral do livro para iTunes e Android, proporcionando uma experiência rica e única de apreensão e conforto, já que é possível ler e ouvir ao mesmo tempo .

Além do conteúdo, o usuário encontrará no aplicativo integração com as redes sociais Twitter e Facebook, making of das narrações, livros relacionados, biografia do autor e acesso ao conteúdo do portal de notícias da Livraria Cultura .

Título: Guia politicamente incorreto da historia do Brasil
Autor: Leandro Narloch
Narração: Luciano Pires
Duração: 8h30 Horas

Sinopse: O audiolivro Guia politicamente incorreto da historia do Brasil, narrado por Luciano Pires, traz levantamentos recentes sobre a História do Brasil para reavaliar conceitos arraigados em nossa cultura. O resultado de pesquisas de historiadores que não se renderam à educação tradicional à qual todos somos passados a ferro na escola surge num texto bem humorado e fluido que nos leva a refletir sobre os papéis de mocinho e bandido. Baseado em farta bibliografia, Narloch revê o Brasil e traz à luz histórias saborosas que poderiam ficar restritas às estantes especializadas das livrarias. O livro está dividido em nove capítulos: Índios, Negros, Escritores, Samba, Guerra do Paraguai, Aleijadinho, Acre, Santos Dumont e Comunistas e tem 8h30 de narração.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments