Cristiane Fogaça, do tumblr Marketing Literário

Decisões de compra são sempre difíceis, ainda mais quando se tratam de livros, uma vez que eles vão passar conosco um bom tempo, que pode ser de uma semana a alguns meses. Levamos em conta muitos fatores que são de vital importância para a escolha que faremos.

Quando temos uma indicação estamos muito suscetíveis à ideia de comprá-lo e não levamos tanto em consideração fatores externos como o livro em si e suas características.  Porém o problema começa quando não sabemos o que vamos ler e temos que escolher um livro, personagens e uma vida inteira para nos acompanhar. É aí que as decisões se complicam.

A primeira coisa que vemos é a capa, analisamos primeiro suas cores, as pessoas ou personagens presentes, como eles se apresentam e como eles nos fazem sentir. Depois vamos para o título, quando o lemos e vemos como ele completa a imagem e como eles de complementam, qual é a relação e como ela se comunica para nós.

Depois olhamos a parte de trás do livro, para obtermos mais informações sobre a história. E aqui vemos que há vários tipos de contracapas, como por exemplo, temos aquela que não tem nada escrito ou que tem somente uma frase do livro mas que por si só não conta nada sobre a história, ambas normalmente são usadas por livros já consagrados. Outra técnica é comentar um pouco da história juntamente com depoimentos de quem leu o livro, observa-se bastante essa nos livros importados. Também há a que cita um pouco da história e um pouco do autor. A última que eu cito é quando se conta um pouco da história e nos instiga a leitura, o mais comum.

Se o livro nos segurou até ai, observamos as orelhas do livro, que contam mais sobre a história e sobre o autor. Aqui a decisão já está quase tomada. Se faltar alguma coisa, podemos ler a primeira página do livro e ver como ela se apresenta e, se a história nos fizer querer ler o resto, compramos o livro.

A decisão é complexa e depende de muitos fatores, assim como qualquer decisão de compra, mas creio que o livro, por ser uma decisão de um prazo relativamente longo, tomamos mais cuidado e não agimos tanto por impulso.

 

 

 

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments