Publicado originalmente em O Globo

Na contagem regressiva para o Rock in Rio, vale tudo para se informar sobre as bandas que subirão ao palco do maior festival de música do país. Sites oficiais, páginas de fãs, perfis no Twitter e Facebook e, claro, os bons e velhos livros nos dão um bom panorama da trajetória dos artistas que admiramos. Em uma volta pelo Riocentro durante a 15ª edição da Bienal do Livro, encontramos biografias de alguns dos artistas que passarão pela vizinha Cidade do Rock entre 23 de setembro e 2 de outubro e listamos os maiores achados para você:

“Katy Perry – A vida da nova rainha do pop” (Universo dos livros): De família religiosa, ela começou sua carreira cantando música gospel no coral da igreja. Pouco tempo depois, estava metida em figurinos provocantes e bradando aos quatro ventos que beijou uma garota e gostou, sim, senhor. Apesar de seus 26 anos, Katy Perry tem muita história para contar e é nisso que se baseia a biografia escrita pela jornalista Chloe Govan. Em seu estande no pavilhão azul, a editora Universo dos Livros está lançando o livro com preço promocional: de R$ 29,90 por R$ 19,90.

“Metallica – Fotografias” (Madras): O inglês Ross Halfin passou as últimas quatro décadas fotografando bandas de rock e acumulou um arquivo tão grande que decidiu publicá-lo em livro. Depois do Iron Maiden, Halfin dedicou um livro inteiro ao Metallica, banda que acompanhou desde os primeiros passos. Nesta edição de colecionador, o fotógrafo apresenta imagens inéditas da turnê do cultuado “Black album”, entre outras. “Metallica – Fotografias” está sendo vendido no estande da editora Madras, no pavilhão azul, por R$ 79,90.

“Reckless road – Guns N’ Roses” (Madras): Axl Rose é um veterano no Rock in Rio. Prestes a subir ao palco da edição carioca do festival pela terceira vez, o cabeludo invocadinho tem seus áureos tempos relembrados neste making-of em imagens do lendário disco “Appetite for destruction”, de 1987. O début do Guns N’ Roses – ainda com Slash, Izzy Stradlin, Duff McKagan e Steven Adler – é considerado um clássico do rock ‘n’ roll e toda a história por trás de suas gravações e de sua turnê está documentada através de filipetas, ingressos de shows, setlists, reportagens publicadas na época e manuscritos das letras originais. À venda no estande da editora Madras, no pavilhão azul, “Reckless road” custa R$ 99,90.

“Roadie – Minha vida na estrada com o Coldplay” (Lafonte): Nem o fã mais ardoroso sabe mais sobre a história de uma banda do que seus devotados assistentes de palco. E nesta biografia autorizada do Coldplay, o responsável por contar a trajetória de sucesso de Chris Martin e companhia é Matt McGinn, roadie do guitarrista Jonny Buckland. O livro, de 232 páginas, traz histórias de bastidores e fotos exclusivas. “Roadie – Minha vida na estrada com o Coldplay”, cujo preço de capa é R$ 34,80, está à venda no estande da Lafonte, no pavilhão azul, com 30% de desconto.

“Elton John – A biografia” (Companhia Editora Nacional): Estrela maior da primeira noite de Rock in Rio, Elton John acaba de ter sua biografia lançada no Brasil. Escrito pelo jornalista David Buckley, o livro acompanha toda a vida e obra do extravagante artista pop, conhecido por clássicos como “Rocket man” e “Your song”. As fantasias espalhafatosas, a homossexualidade assumida, os problemas com drogas e o sucesso, estão todos lá. À venda no estande da livraria Saraiva, no pavilhão azul, por R$ 44,90.

“Rock in Rio – A história do maior festival de música do mundo” (Editora Globo): Há 25 anos, um festival de música mudou para sempre o panorama dos shows internacionais no Brasil. É essa história que o jornalista Luiz Felipe Carneiro explica neste livro, dedicado às três edições brasileiras do Rock in Rio. O livro vem recheado de fotos dos shows mais badalados e depoimentos de músicos que subiram ao palco da Cidade do Rock, em 1985 e 2001, e do Maracanã, em 1991. À venda no estande da livraria Saraiva, no pavilhão azul, por R$ 54,90.

“Minha fama de mau” (Objetiva): Mesmo depois de sofrer bullying dos metaleiros na primeira edição do festival, o Tremendão vai voltar a dar as caras na Cidade do Rock em 2011. Sem se abater, o próprio Erasmo contou o episódio de hostilidade em sua autobiografia, prato cheio para saber esta e outras histórias sobre um dos maiores nomes da Jovem Guarda. “Minha fama de mau” está sendo vendido no estande da editora Objetiva, no pavilhão azul, por R$ 34.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments