Publicado no SRZD

Leitura, música, teatro, bate-papos literários, narração de histórias, teatro. Mais de 100 atrações literárias movimentarão os bairros da cidade de 4 a 11 de novembro durante a 19ª edição da Campanha Paixão de Ler. Com uma programação extensa e inteiramente gratuita, o evento pretende incentivar o acesso da população aos livros, às bibliotecas e outros espaços culturais que realizam atividades relacionadas ao mundo da literatura.

A festa literária, uma iniciativa da coordenação de Livro e Leitura da Secretaria Municipal de Cultura, neste ano homenageia o Rio de Janeiro, com o tema “Crônicas do Rio”, em um verdadeiro encontro de gerações de artistas e escritores, que será aberto pelos cronistas Zuenir Ventura e Antonio Prata, no auditório da Biblioteca Nacional. A proposta deste ano é discutir sobre o lugar da crônica hoje e as diferentes leituras feitas sobre a cidade do Rio de Janeiro. O público estimado para o evento é de 30 mil pessoas.

No sábado, o grupo Assalto Poético invade os trens da Central do Brasil com uma ocupação poética e apresentações que levam a literatura para dentro dos vagões. O grupo tem como proposta, dentro da cidade do Rio de Janeiro, levar poemas em vez de revólveres. A ‘dupla de capangas’ estabelece um jogo cênico em que o assaltante se funde com o clown e o poeta. Poemas de vários autores consagrados, como Ferreira Gullar, Maiakovski, Fernando Pessoa, entre outros, são trazidos ao público de um modo impactante e surpreendente.

No domingo, dia 6, o Parque das Ruínas se torna palco de uma ocupação literária. Durante toda a tarde, espetáculos com textos de Machado de Assis, Lima Barreto, João do Rio, Stanislaw Ponte Preta, Nei Lopes e outros, tomam conta do espaço cultural mais tradicional de Santa Teresa, com destaque para a peça Dentro da Noite, dirigida pelo cantor Ney Matogrosso.

A Barca de Paquetá é mais um local que recebe atrações do evento no domingo. O artista Augusto Pessoa apresenta uma performance na qual leva histórias do Rio, de autorias diversas, como Artur Azevedo, Stanislaw Ponte Preta e outros populares, todas embaladas por uma trilha sonora referente à cidade do Rio.

Ferreira Gullar, Carlos Heitor Cony, Marcelo Madureira e outros nomes da literatura também marcam presença na programação, que conta com debates, realizados na Biblioteca de Botafogo, com curadoria do jornalista Marcelo Moutinho. A proposta deste ano é discutir sobre o lugar da crônica hoje e as diferentes leituras feitas sobre a cidade do Rio de Janeiro. O público estimado para o evento é de 30 mil pessoas.

Divulgação

Outro destaque da programação é a homenagem, feita pelo cantor Marcos Sacramento, ao poeta Mario Lago, que no dia 26 deste mês completaria 100 anos. Com letras de escritas por Lago, os shows do músico acontecem nas bibliotecas da cidade.

“A crônica é um gênero literário que nasceu e cresceu no Rio de Janeiro, contribuindo para sua construção simbólica. Através das crônicas, acreditamos chegar mais perto dos leitores, através do humor, da crítica e do poético, sempre presentes nesse tipo de texto. Assim, enfatizamos a importância da leitura como instrumento de transformação do cidadão e fortalecemos o sonho de um Rio literário”, diz a coordenadora de Livros e Leitura, da Secretaria Municipal de Cultura.

A campanha Paixão de Ler é o ápice de um projeto que se estende por todo ano nas bibliotecas e escolas do Rio de Janeiro, através dos seguintes projetos: Ciranda de Histórias, que leva mensalmente para oito bibliotecas diferentes da cidade, um grupo profissional de Contadores de História; o Circuito Jovem de Leitura, onde escritores contemporâneos se encontram com crianças e jovens das escolas da rede municipal e abordam o livro e a escrita através da leitura de trechos de seus livros; Os Encontros Literários, que promovem debates entre grandes escritores sobre assuntos do mundo literário; e o Tardes Culturais, que leva para o público adulto, nas bibliotecas populares, rodas de leitura, saraus poéticos, literários e musicais.

As atrações estarão por toda parte, como praças, parques, centros culturais, bibliotecas, trens e barcas. Serão espetáculos de recitação e interpretação, ocupações e bate-papos literários, troca-troca de livros, intervenções e apresentações com artistas renomados. A programação completa pode ser encontrada no site www.rio.rj.gov.br/web/smc/.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments