Publicado originalmente em Livros e Afins

Eu sou fã de bibliotecas, então hesito muito na hora de comprar um livro. Sem dizer que livros custam caro, ocupam espaço e precisam ser cuidados. Enquanto uns reservam seu orçamento mensal para comprar livros, eu já parto do pressuposto de que não os comprarei – o que não significa que eu não leia. Isso significa que aproveito melhor as bibliotecas da minha cidade. Sem dizer que uma boa biblioteca pessoal não é formada apenas por um número volumoso de livros – é preciso ter critérios, que esses livros sejam realmente importantes para o seu dono. Mais um motivo para ser criterioso na hora de comprar.

A minha regra é não comprar livros. Abro exceções para os seguintes casos:

1. O livro não existe na biblioteca
Bibliotecas não costumam ter lançamentos ou livros específicos de algumas áreas. Em geral, bibliotecas foram uma rede (como os Faróis do Saber, aqui em Curitiba). Caso não tenha encontrado na estante, quem sabe seja possível mandar trazer de outra. Senão, o jeito é comprar mesmo.

2. É um dos meus livros preferidos
E quem irá dizer que não existe razão nas coisas feitas pelo coração? Alguns livros fazem parte da nossa história e faz todo sentido tê-los.

3. É um livro de consulta
Além do incômodo de não ter o livro à mão sempre que precisar, nesse tipo de livro é bom fazer marcas ou anotações. Vale à pena ter o seu.

4. É um livro importante na minha área
É sempre bom ter à mão os clássicos da sua área de conhecimento. Eles servem de referência a todo instante, seja por algum artigo a ser escrito ou alguma dúvida a ser esclarecida.

5. É do meu autor favorito
Autores favoritos são como parentes muito queridos, dá vontade de ter por perto. Nesse caso, vale comprar edições ilustradas, traduções novas, capas bonitas…

6. Eu vou morrer se não ler esse livro!
Às vezes livros causam um furor muito grande, e todos à nossa volta só falam disso. É como um filme, que quanto mais tempo ficamos sem saber, maior o risco de nos contarem a história ou perder a onda. Vá lá e compre. E depois, se não merecer espaço na estante, doe para a biblioteca.

Estas são as minhas exceções. O que te leva a decidir comprar um livro?

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments