Publicado originalmente na BBC

O fotógrafo americano Terry Border reproduz cenas de afeto com objetos domésticos e arame.

Em seu novo livro, Bent Object of My Affection (“Objeto Curvado da Minha Afeição”, em tradução livre do inglês), o fotógrafo afirma que se concentrou na expressão “das muitas maravilhas e razões do amor”.

O fotógrafo usa filmes, talheres, frutas, livros e fita adesiva em cenas engraçadas e, algumas vezes, mais apimentadas.

Border disse que começa seus trabalhos fazendo um rascunho das situações, para depois pensar em como a cena poderia retratar pessoas, como elas reagiriam e quantos personagens são necessários para cada obra.

O artista começou a carreira como fotógrafo comercial, até que começou a fazer esculturas com arame como um hobby. Segundo Border, os trabalhos com arame começaram depois que ele achou uma antiga caixa de ferramentas de seu avô.

Depois de expor seus primeiros trabalhos em galerias, o fotógrafo começou a criar as cenas engraçadas com objetos comuns.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments