Publicado originalmente no Terra

O livro Turma da Mônica em Contos Clássicos, publicado em maio de 2011 pela Sun Ya Publicações, editora baseada em Hong Kong, foi agraciado pelo Prêmio Bin Xing de Literatura Infantil de 2011. As ilustrações são baseadas em contos clássicos da literatura infantil, como A Bela Adormecida, Chapeuzinho Vermelho e Cinderela.

O sucesso da Turma da Mônica na China garantiu, além do prêmio, uma recomendação do 4o Fórum Chinês de Literatura Infanto-juvenil, que adicionou o livro de Sousa à lista de leitura indicada nas escolas do país.

“Esse prêmio é muito importante porque mostra que para as crianças não existem barreiras e que todas elas podem se divertir e aprender com os personagens infantis que criei há mais de 50 anos”, diz Maurício de Sousa.

O prêmio Bin Xing é uma homenagem dada a obras infantis em comemoração a Bin Xing (1900-1999), autora de sucesso de livros para crianças.

A ligação do escritor com a China começou em 2007, quando desenhos da turma foram dublados e publicados no Canal Online de Educação da China. No ano seguinte, Sousa visitou o país como representante do governo brasileiro para divulgar a vitória do Brasil para sediar os Jogos Olímpicos de 2016.

“Na ocasião, dei várias palestras em escolas pelo país. As crianças chinesas são adoráveis, amistosas e se sentem felizes em contato com autores que contam histórias sobre o mundo delas – o maravilhoso mundo da criança”.
Para o autor, escrever pensando em crianças chinesas é o mesmo que escrever para as brasileiras: “crianças são crianças! Elas gostam das mesmas coisas. Acredito que deve ser por isso que a Mônica faz sucesso aonde quer que ela vá”.

Livros infantis educativos estão na lista dos mais vendidos no país asiático. Conforme o jornal oficial People’s Daily, quase 20% das obras publicadas anualmente na China são voltados ao público infantil. A indústria editorial para crianças atingiu 8 bilhões de yuans (cerca de R$ 2,2 bilhões) em vendas em 2011.

Em função da corrida por educação, relacionada à crença de garantia de empregos melhores no país, os livros infantis educativos ainda são os mais vendidos. A relação entre livros educativos e histórias, contudo, está diminuindo: em 2000, nove em cada dez livros publicados eram de conteúdo educacional. Hoje, quatro entre dez livros publicados são de histórias.

As ideias de Sousa para o mercado chinês não pararam com o livro. “Temos um projeto em andamento de elaboração de ilustrações com a Turma da Monica para uma série de cartazes sobre Etiqueta para Crianças de acordo com o modelo educacional da China, para divulgação em escolas”, adianta o autor.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments