Publicado originalmente no Diário da Rússia

Escritores clássicos russos entraram no top 10 dos maiores autores e obras literárias em lista elaborada por 125 celebrados escritores na Inglaterra e nos Estados Unidos, informou o portal Novosti Literatura. Fizeram parte da pesquisa escritores como Norman Mailer, Stephen King, Ann Patchett, Jonathan Franzen, Joyce Carol Oates, e outros contemporâneos.

Na lista das dez maiores obras literárias do século XX, em primeiro lugar ficou o romance “Lolita”, de Vladimir Nabokov, que fecha a lista com “Fogo Pálido”. Em segundo, ficou “O Grande Gatsby” de F. Scott Fitzgerald, e “Em Busca do Tempo Perdido”, de Marcel Proust, ficou em terceiro lugar. James Joyce ficou com o quarto e quinto lugares com “Ulisses” e “Dublinenses”, respectivamente. A lista segue com “Cem Anos de Solidão”, de Gabriel Garcia Marques, “Som e Fúria”, de William Faulkner, “Ao Farol”, de Virginia Woolf, “Contos Completos”, de Flannery O’Connor.

Já a lista das dez maiores obras do século XIX, é liderada por Leon Tolstoi, com “Anna Karenina”, que garantiu também o terceiro lugar com “Guerra e Paz”. Em segundo lugar ficou “Madame Bovary”, de Gustave Flaubert, e “As Aventuras de Huckleberry Finn”, de Mark Twain, em quarto lugar. Os “Contos” de Anton Tchekhov ficaram em quinto lugar.

A lista segue com “Middlemarch”, de George Eliot; “Moby Dick”, de Herman Melville, “Grandes Esperanças”, de Charles Dickens. Fiodor Dostoievsky ficou em nono lugar com “Crime e Castigo”, seguido de “Emma”, de Jane Austen. A lista dos dez maiores escritores de todos os tempos foi produzida a partir de um critério de pontos. Leon Tolstoi liderou a lista, superando William Shakespeare, que ficou em segundo, e James Joyce em terceiro. O ranking segue com Vladimir Nabokov, Fiodor Dostoievski, William Faulkner, Charles Dickens, Anton Tchecov, Gustave Flaubert e Jane Austen.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments