A socialite prevê para o fim do ano o lançamento de livro feito para espantar os boatos sobre o seu passado

Publicado na revista Veja

Mariana Zylberkan

A socialite Val Marchiori (Mário Rodrigues)

 

O sucesso do reality show Mulheres Ricas tem promovido uma devassa no passado da socialite Val Marchiori. Diante das inúmeras especulações – entre elas, as insinuações proferidas pelo pai de seus filhos de que ela teria sido prostituta de luxo – sobre a sua vida pregressa à fama e ao luxo , Val decidiu contar tudo em livro que deve ser lançado no fim deste ano. “O título poderia ser Hello, mas não está nada definido ainda”, diz Val, que está em negociação com algumas editoras.

“Tem saído coisas distorcidas a meu respeito, que afetam a minha família, por isso, decidi falar toda a verdade no livro. Vou falar da minha infância, quando morava em um sítio no Paraná e vendia cosméticos, até meu auge. Sempre fui namoradeira e vou contar sobre meus namorados, também.”

Enquanto Val não estreia no ramo literário, ela se prepara para debutar na avenida. Neste sábado, a socialite participa do ensaio técnico da escola de samba Unidos de Vila Maria como destaque principal do carro abre-alas. Val conta que a fantasia é toda banhada a ouro e ornada com peles de faisão. “Hello, nem sei quanto custou. Já passou dos 100 000 reais.”

Uma equipe do jornal americano The New York Times irá acompanhar Val na avenida como parte de uma reportagem sobre as participantes de Mulheres Ricas que deve ser publicada após o Carnaval. “Vou tuitar durante o desfile”, adianta Val. Além de destaque de carro alegórico, a perua também virou febre nas lojas de fantasia da rua 25 de março, em São Paulo. Máscaras da Val são as mais procuradas pelos foliões.

Para fazer bonito na avenida, a socialite tem feito drenagens linfáticas e corridas diárias, tudo para perder dois quilos e meio até o desfile. “Parei até de tomar champanhe.”

Ensaio nu – Nesta semana, Val deu início às negociações para posar nua na revista Playboy. “Pedi 15 milhões de reais, mas me ofereceram um milhão. Hello! Isso eu gasto numa viagem a Paris. Além disso, o ensaio teria que ser feito no exterior, em Saint Tropez, por exemplo, e com muito ouro.”

De acordo com Edson Aran, diretor de redação da Playboy, as negociações ainda estão em andamento. “Vamos ter outra reunião semana que vem.”

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments