Publicado por PublishNews

Disputado por editoras, ‘Fifty shades of grey’, de autora obscura, sairá no Brasil pela Intrínseca, em data a definir

Fifty shades of grey (cinquenta tons de cinza), romance erótico de uma autora pouco conhecida, já foi descrito como “‘Crepúsculo’ para adultos” ou “pornô para mamães”. O livro vem eletrizando as americanas. Primeiro de uma trilogia, foi publicado por uma pequena editora independente da Austrália, e sua distribuição no formato impresso vem sendo lenta e limitada, deixando as livrarias sem exemplares. A maior parte do total de suas vendas (mais de 250 mil exemplares dos três livros somados) vem de discretos downloads em e-books, que levaram Fifty shades of grey ao primeiro lugar na lista do New York Times dos livros de ficção mais vendidos em formato eletrônico na semana retrasada. Nesta semana, a Vintage Books, que faz parte do grupo Knopf Doubleday, venceu uma disputa pelos direitos da trilogia, pagando por isso uma soma de sete algarismos.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments