Publicado por Folha.com

Os jornalistas Zeca Camargo e Paulo Markun e o diretor do Museu da Língua Portuguesa, Antonio Carlos Sartini, serão os curadores da próxima Bienal do Livro de São Paulo, que acontece em agosto deste ano. As informações são da Câmara Brasileira do Livro.

A 22ª Bienal de São Paulo acontece entre 9 e 19 de agosto no Pavilhão do Anhembi, na zona norte de São Paulo. A escolha teria sido motivada pelos diferentes perfis dos três. Segundo nota, “os três curadores têm uma boa sintonia com os diferentes públicos que terão acesso ao evento”.

A última edição do evento, em 2010, recebeu cerca de 700 mil pessoas. A curadoria ficou, então, a cargo de Danilo Santos de Miranda, Hubert Alquéres e Augusto Massi.

Formado em direito, Antônio Carlos de Morais Sartini é o diretor do Museu da Língua Portuguesa desde a sua inauguração, em março de 2006, e atuou na Secretaria de Estado da Cultura.

Antonio Carlos Sartini, diretor do Museu da lingua Portuguesa / Fernando Donasci - 17.dez.08/Folhapress

O jornalista e escritor Paulo Markun é autor de doze livros e oito documentários, tendo sido o idealizador das revistas “Imprensa” e “Radar”. Por dez anos, Markun comandou o “Roda Viva”, da TV Cultura, e foi presidente da Fundação Padre Anchieta entre 2007 e 2010. É comentarista político da TV Gazeta.

O jornalista Paulo Markun / Mastrangelo Reino/Folhapress

Com passagem pela Folha, TV Cultura e MTV, Zeca Camargo ocupa os cargos de apresentador, repórter e coordenador do programa dominical “Fantástico”, exibido pela Globo.

O jornalista e apresentador Zeca Camargo / Carlos Cecconello/Folhapress

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments