Por Guto Lacaz, no Cronópios

Eletro Livros é um conjunto de 16 livros de artistas plásticos tais como: Sacilotto, Piet Mondrian, René Magritte, Waldemar Cordeiro, Ives Klein, Sérvulo Esmeraldo, etc abertos em uma página onde o artista aparece realizando uma ação.

Através do uso de motores elétricos estas ações são `tridimensionalizadas` e ganham movimento real.

Assim, ao olhar o livro aberto, o visitante verá também a base de madeira, a mecânica exposta, o motor, o eixo e os excêntricos que criam esta realidade paralela que gera a ilusão de que a fotografia impressa nas páginas abaixo se movimenta.

Os 16 livros usados na montagem desse trabalho são da minha biblioteca particular. São os meus livros de referência; livros sobre os meus Mestres.

Os objetos, em funcionamento, geram pequenos ruídos na sala produzidos pela vibração de motores montados sobre bases de madeira. O conjunto funciona como caixa de ressonância, completando a experiência sensorial do observador.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments