Publicado originalmente por Listas Literárias

Sim, esta não é uma lista politicamente correta. Que dane-se o bonito discurso de se multiplicar os leitores, pois para um apaixonado por seus livros, um dos momento mais dolorosos e angustiante é quando justamente uma alma que talvez até seja boa, chega com a seguinte frase: Nossa que legal. Queria tanto ler… Me Empresta? E eis nesta lista algumas razões para dizer não:

1 – Eles não voltam: Pois é meus amigos, segundo o Literary Institute List, of Big Swanp City, 98,7% dos livros que você empresta, tendem a sumir misteriosamente sem explicações convincentes, em que o responsável pela abdução interplanetária de seu livro também sequer sabe onde foi parar;

2 – Maldita Roda: Parte dos desparecidos some no buraco negro da Roda de Empréstimo, em que naturalmente aquele que lhe tomou emprestado, empresta a outro, e para outro… Aí já viu né…

3 – Eles nunca mais são os mesmos: E quando alguns conseguem voltar, esteja preparado, pois grande parte dos heróis que são emprestados voltam com as escoriações de guerra, pois quem dificilmente terceiros tratam livros como o próprio, dono, ou como o dono gostaria, com suas manias peculiares…

4 – Evita hipertensão: Sim, todo fanático por seus livros não consegue dormir, pensando em como estará seu filhote fora de casa. A agonia de imaginar ele regressando com orelhas e amassados eleva a pressão… Aliás, o pensamento na simples possibilidade que ele não volte é para quase dar um infarto…

5 – Mantém amizades: Confessa aí, você não manteria a mesma cara de felicidade ao reencontrar aquele amigo que te pediu Guerra dos Tronos para ler, e nunca mais devolveu? Pois é, se você não tivesse emprestado, não teria esse clima;

6 – De certa forma você está seguindo preceitos católicos: Sim, quem não lembra que a própria igreja é uma das que mais cometeu usuras quanto aos livros, relegando-os a uma meia dúzia de sábios o acesso a leitura. Sei que não é o melhor exemplo, mas que serve de desculpa, a isso serve;

7 – Não deixar sua estante feia: Tem coisa mais nervosa e triste que olhar para estante e ver o vazio causado pela falta do livro emprestado. Ele nasceu para estar ali. Então não há porque tirá-lo de lá;

8 – Aquecer o mercado editorial: Vejamos a coisa toda por um lado macroeconômico. Se não emprestarmos livros, mais gente acaba comprando. Com mais gente comprando, mais os preços podem reduzir. Além disso, um volume maior de livros vendidos, certamente acarreta em mais necessidades de trabalhadores no mercado editorial…

9 – É bonzinho: Se você não emprestar será poupado de desdenhadores que além de tudo não pagaram para ler o livro, ou será que ninguém ai emprestou o livros, e quando de a sorte de receber de volta escutou: “é bonzinho!”

10 – Proteja seus filhos: Você emprestaria seus filhos? Eu também não. O fato que para muitos apaixonados por livros, estes são como um filho, e deste modo sabemos que a melhore forma de proteção é tendo-os sob nossos olhos…

 

* Obviamente este texto é fruto de uma brincadeira e deve ser visto como tal. Números daqui são mentirosos (ou não)… E para sermos imparciais, em breve teremos uma lista com os motivos para emprestar seus livros…

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments