Editora Globo

Crédito: Reprodução YouTube

Publicado originalmente na Revista Galileu

Uma invenção argentina da editora Eterna Cadencia está chamando a atenção do público: um livro com data de validade, impresso com uma tinta que desaparece. Caso, em dois meses, você não termine sua leitura, você nunca saberá o que estava escrito nele. Não é por menos que o nome da publicação é “O livro que não pode esperar”.

Quando você compra o livro, ele vem embalado em um plástico especial. Assim que você abre a embalagem, no entanto, ele começa a envelhecer, e, em dois meses, as páginas ficam completamente em branco.

Quem vai querer um negócio desses? Muitos argentinos, aparentemente, já que todos os exemplares da primeira edição foram vendidos no primeiro dia de distribuição.

A ideia da Eterna Cadencia é buscar uma resposta para a questão que persegue todos os apaixonados por livros de papel: qual é o futuro das impressões com o crescimento no mercado de ebooks? Com a medida, a editora quer mostrar que os livros de papel também podem ser interessantes e que podem ter um aspecto de urgência, tanto quanto uma informação online.

Confira o vídeo que mostra o projeto:

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments