Gabriela Nascimento, no blog Gabi Gabiruska

Para começar, vamos recapitular o finzinho do primeiro post sobre COMO APRESENTAR SEU LIVRO:

Tudo o que realmente é necessário é algum pensamento organizado, um pouco de pesquisa e, mais importante, a paixão pelo seu tema. Feito isso, você estará pronto para avançar para a próxima seção da sua proposta – a seção de marketing.

Também vou aproveitar para fazer uma colinha do que não deve faltar nesta sua proposta, assim não tem como deixar algo de fora:

  • Visão geral
  • Marketing
  • Promoção do livro
  • Livros concorrentes
  • Sobre o autor
  • Sumário
  • Resumo (2 a 3 linhas) de cada capítulo
  • Capítulo da amostra

MARKETING? Mas eu sou um escritor, autor, não entendo nada disso… Não é a editora quem vai cuidar do marketing do meu livro? Sim e NÃO. Sim para os livros que já foram selecionados e figuram na grade de lançamentos da empresa. NÃO para aqueles que ainda querem estar lá! Triste, mas é a realidade – e vou fazê-los entender como essa parte é muito importante – SIMPLES – mas fundamental.

A proposta do livro sem uma seção de marketing é como uma xícara de café sem açúcar. A seção de marketing é o adoçante que faltava na descrição do seu livro – e ela faz mais do que satisfazer o desejo de uma editora para ganhar dinheiro. Ela mostra para o editor ou agente literário, e mais importante ainda, para a equipe de marketing da empresa, que seu livro VAI VENDER.

Ao escrever o tópico “marketing” da sua proposta, tenha em mente três coisas:

  • Afirme, com convicção, qual é o público-alvo do seu livro. Ninguém sabe quem realmente vai comprar um livro, então aqui é a oportunidade para que você estime, suponha, OTIMISTAMENTE. Em outras palavras, você pode dizer coisas como: “Este livro tem apelo para mulheres com idade entre 18-45” se você acha que essas mulheres estarão interessados no seu livro. Aproveite para adicionar palavras a fim de reforçar a ideia de que “este é um enorme segmento do mercado de compra de livros”.
  • Lembre-se de incluir os mercados mais importantes primeiro (o feminino como no exemplo acima é mesmo relevante). Não tenha vergonha de dizer que milhões de leitores estarão interessados em seu título. Isso é tudo o que uma editora quer ouvir. Então, diga-o se você acha que é verdade
  • Não se esqueça de seus mercados menores (nichos e segmentações fiéis são sempre bem-vindos!). Se você estiver escrevendo um livro sobre a Segunda Guerra Mundial, vale mencionar que as bibliotecas vão querer o livro. Pode dizer também que o livro despertará interesse dos veteranos guerra. Você poderia dizer ainda que algumas mulheres se interessarão, especialmente as casadas com veteranos ou as que ensinam história. Apesar de seus mercados menores não venderem tanto como seus mercados principais, não deixe de incluí-los, porque para a editora, cada venda conta e, dependendo da experiência da empresa, ela pode saber desenvolver ações especificas de marketing para grupos especiais.

Então, com relação à estrutura, sua seção de marketing deve conter:

A descrição de seus mercados principais.
Pode conter 1-2 ou mais parágrafos.

Uma enumeração de seus mercados menores.
Aqui, varia, tudo pode caber em um ou mais parágrafos, depende de quantos mercados menores você identificar.

DICA: Se você puder imaginar-se falando para uma audiência sobre seu livro e se você consegue descrever essa audiência hipotética, então você acaba de identificar um mercado potencial para ele. Descreva-o!

Em seguida, no próximo post, vou falar sobre o item promoção dentro da sua proposta.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments