Lançamento do livro

Lançamento do livro “Nunca Fui Santo”, do goleiro Marcos

Publicado originalmente no Tribuna Hoje

Entre um empurrão e outro, os organizadores do evento decidiram fechar a porta da loja, o que irritou parte dos torcedores fora da livraria. Em determinado momento, um empurrão com pouco mais de força virou uma briga generalizada que causou a quebra da porta de vidro da entrada da Saraiva.Com mais de seis mil pessoas presente fazendo fila pelo shopping inteiro, a entrada na livraria já mostrava uma grande confusão. Entrar nela era praticamente impossível tanto para jornalistas como para funcionários da loja. O torcedor que conseguia adentrar o estabelecimento tinha muito a comemorar, pois se aproximava do ex-goleiro.

Neste momento, Mauro Beting, autor do livro, e Marcos, principal estrela da festa, interromperam os autógrafos e tentaram acalmar os torcedores. O jornalista foi até o microfone da loja pedindo calma, o que pouco adiantou.

Com os espertinhos furando fila para conseguir um autógrafo do livro, uma nova confusão começou. Dessa vez, um torcedor foi arrastado pelos seguranças para fora da loja.

A parte superior da livraria virou praticamente um ambulatório. Com muita confusão e calor, alguns chegaram a desmaiar no local e foram levados para o piso.

Em determinado momento, os veículos de imprensa passaram a ser vítimas de xingamento, especialmente a Globo. O presidente Tirone também foi “homenageado”.

Apesar de toda confusão, o local recebeu convidados ilustres como o ex-goleiro Sergio, o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, e o candidato à prefeitura de São Paulo José Serra.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments