Em São Paulo entre 9 e 19 de agosto, a 22º Bienal Internacional do Livro traz o tema "livros transformam o mundo, livros transformam pessoas"

Em São Paulo entre 9 e 19 de agosto, a 22º Bienal Internacional do Livro traz o tema “livros transformam o mundo, livros transformam pessoas”

Publicado originalmente na UOL.com

A 22º edição da Bienal Internacional do Livro ocorre em São Paulo entre 9 e 19 de agosto com o tema “livros transformam o mundo, livros transformam pessoas”. Com ingressos a R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia), o público poderá visitar o espaço do Pavilhão de Exposições do Anhembi das 10h às 22h. O espaço de mais de 60 mil metros quadrados trará cerca de 480 expositores, entre 346 nacionais e 134 internacionais.

A organização do evento vai disponibilizar um serviço de transporte gratuito com ônibus circulares de ida e de volta ao Anhembi na estação Portuguesa-Tietê (embarque e desembarque na Rua Marechal Odylio Dennys, oposto ao nº 70) e no terminal rodoviário da Barra Funda (embarque e desembarque na Rua Wilfrides Alves de Lima, travessa da Rua Auro de Moura Andrade).

Os embarques serão diários durante o evento e começam 1 hora antes da abertura, indo até 1 hora após o fechamento da feira. De 9 a 18 de agosto, o serviço funciona das 9h às 23h; excepcionalmente no dia 19, será das 9h às 21h.

Outras facilidades
A Bienal terá serviço de guarda-volumes (na saída do evento, pago), serviço de táxi (um balcão estará também na saída do evento), centro de informações, posto médico e Sala de Segurança (com serviço de apoio a furtos e orientações em geral, além de servir como local para ponto de encontro e depósito para achados e perdidos durante a feira).

A praça de alimentação conta com aproximadamente 6000 m². Segundo a assessoria do evento, o valor médio de pratos e self-service está em torno de R$ 25 a R$ 30; sanduíches custam em torno de R$ 12 a 15 (cachorros-quentes custam R$ 6) e refrigerantes, R$ 3,50. Operam na praça os restaurantes Vivenda do Camarão, Villa Paulistana, Café do Villa, Picanha Maturata, Mansão da Pizza, Play Dog, Burdega Hamburguers, Uno Due, Rei do Mate, Batata no Cone e Espetinhos Mimi.

O estacionamento do Pavilhão está localizado na Av. Olavo Fontoura, e conta com 7 mil vagas disponíveis. O preço para automóveis e vans é R$ 30, e para motos, R$ 20.

Para os portadores de necessidades especiais, serão disponibilizadas cadeiras de rodas e cadeiras scoortes (motorizadas), estacionamento com vagas exclusivas, atendimento preferencial no credenciamento, banheiros adaptados e rampas de acesso (as cadeiras de rodas e scooters devem ser retiradas na Sala de Segurança e estão sujeitas à disponibilidade). A entrada com animais é proibida, exceto no caso de cães-guias.

Uma planta interativa do evento pode ser conferida neste link.

Aplicativo
Os visitantes poderão baixar em seus smartphones (pela Apple Store ou Android Marketing) um aplicativo gratuito sobre a Bienal. Ele contém a planta do evento, os expositores e a programação, além de permitir a compra de ingressos.

Ônibus
Algumas linhas de ônibus que levam até o Parque Anhembi são as seguintes:

Nas Ruas Santa Eulália, Paineira do Campo e na Praça Campos Bagatelle:
106A/10 Metrô Santana – Itaim Bibi
107P/10 Mandaqui – Pinheiros
175T/10 Metrô Santana – Metrô Jabaquara
178A/10 Metrô Santana – Lapa
278A/10 Penha – CEASA
701U/10 Jaçana – Butantã/USP
1177/10 Term. A.E. Carvalho – Estação da Luz

Na Av. Olavo Fontoura:
278A/10 Penha – CEASA
9717/10 Jd. Almanara – Santana

Homenagens
Entre os homenageados da Bienal, estão os escritores Jorge Amado e Nelson Rodrigues, cujos centenários de nascimento são comemorados em 2012. Além deles, a Semana de Arte Moderna de 1922, que inaugurou o movimento modernista e completa 90 anos, também ganha homenagem.

A previsão é de que mais de 800 mil pessoas compareçam ao evento, que tem curadoria de Antonio Carlos de Moraes Sartini, diretor-executivo do Museu da Língua Portuguesa, e os jornalistas Paulo Markun e Zeca Camargo.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments