Publicado originalmente no Último Segundo

Uma equipe da BBC acompanhou o retorno à Síria de um escritor curdo que passou 17 anos exilado no Iraque, após sofrer perseguição do regime de Bashar al-Assad.

Nas quase duas décadas que passou longe de sua cidade natal, Dilyar Dereki perdeu a mãe e dois irmãos. Ao chegar, ele foi apresentado às novas gerações de sobrinhos que nunca havia conhecido.

O conflito entre insurgentes e forças do regime de Assad na Síria fez com que o governo central perdesse espaço na região curda, no nordeste do país. Isso permite que os curdos possam ter um pouco de liberdade, após décadas de repressão.

Veja o vídeo:

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments