Publicado na Livraria da Folha

O orgasmo modera o apetite, diminui o colesterol, reduz o risco de doenças cardíacas e derrame, fortalece o sistema imunológico e melhora o humor, garante Natasha Janaina Valdez, doutora em sexualidade humana, em “Vitamina O”.

Divertido, gostoso e, quase sempre, gratuito, ter um orgasmo melhora o desempenho no trabalho e diminui o estresse. A vitamina O –“O” de orgasmo, é claro– é produzida pelo corpo e pode ser também adquirida sem um(a) parceiro(a) ou em grupo.

“Não existem orgasmos ‘ruins'”, explica no livro. “Orgasmos nunca são exatamente iguais. Homens e mulheres podem senti-los de maneira diferente, em termos de potência, duração e intensidade”.

Com o subtítulo “Por Que o Orgasmo é Vital Para a Saúde e a Felicidade da Mulher”, a edição se dedica à sexualidade feminina e as dificuldades para a obtenção de prazer. “Um dos problemas sexuais mais comuns das mulheres é não ser capaz de ter orgasmos”, relata Valdez sobre a sua experiência em clínica.

O lançamento traz uma pequena apresentação científica, como o que acontece ao corpo quando se tem um orgasmo, e reúne dicas e técnicas para não desperdiçar uma chance de chegar ao clímax.

Segundo a autora, “a boa notícia para nós, mulheres, é que nossos orgasmos podem ser muito mais intensos”. Outra boa notícia é que você pode começar hoje mesmo.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments